Tudo Sobre Maria Amelia

Olá, Noivinhas!!
Já chegou a sexta feira e com ela nossa coluna especial sobre os fornecedores de casamentos aqui de Brasília. Hoje vamos contar para vocês tudo sobre a Maria Amelia. Sentamos para conversar com ela semana passada e foi um bate papo muito gostoso e leve que rendeu boas risadas. Conhecemos um pouco mais sobre a trajetória dessa incrível doceira que começou fazendo bolos para levar para escola e hoje é a mais tradicional fornecedora de doces finos para casamentos de Brasília.


Quando se fala em doces e bolos para casamento é impossível não  lembrar do nome de Maria Amélia. A marca, que já está em Brasília há 14 anos, é referência de qualidade nos produtos e serviços que oferece.
Mineira, a doceira nascida em Bambuí, começou sua carreira aos treze anos fazendo bolos para as professoras e aniversários na escola.

“Eu sempre fazia o bolo de chocolate com a massa de coca cola, recheio de prestígio e coberto de brigadeiro. E fui fazendo assim na brincadeira, sempre gostei muito de cozinha.”  Maria Amélia


Não demorou muito e uma grande amiga com sua tia, que faziam bolos maravilhosos, a convidaram a aprender mais sobre a parte de decoração e, inclusive, a cobrar pelos bolos já que a doceira não cobrava até então. Até hoje, as noivas que vão até a fábrica no Lago Sul podem, frequentemente, além de serem atendidas pela Maria Amelia, vê-la na produção “pondo a mão na massa”. Uma vantagem para quem consome e contrata os doces e bolos dela é a certeza de que estará consumindo algo feito de verdade pelas mãos dela ou, no mínimo, visto e aprovado de perto por ela.


“Eu comecei como faço até hoje. Eu amo o que faço.” Maria Amélia


Para Maria Amélia um dos segredos do sucesso é inovar sempre nos doces oferecidos. Acompanhado a febre das receitas no sabor churros ela acaba de lançar em sua linha de doces o brigadeiro de churros e também o presentinho de leite ninho. Este último que, por sinal, é um de seus favoritos juntamente com o cajuzinho, que ganhou um nome e apresentação mais adequada e passou a ser bombom de amendoim nos casamentos.

Apesar de toda a variedade, para ela existem doces que nunca deixarão de ser a preferência e não podem faltar em uma festa, são eles: o bombom de nozes, o bombom de morango e o brigadeiro. Quando o assunto é o naked cake, o bolo do momento, ela aconselha que seja a escolha para um casamento diurno e rústico. Mas, para as noivas que querem fugir da maquete Maria Amélia também faz bolos todos verdadeiros, inclusive a sua filha que se casou recentemente teve um bolo verdadeiro em sua festa. Onde cada andar tinha a massa do bolo com uma cor.

“Eu falo quem não gosta de brigadeiro? É uma coisa muito difícil. Você maqueia o brigadeiro, faz ele crocante, com um wafer… E deixa ele de uma forma vestida para a festa.
…Eu acho que o bolo é bonito para um casamento durante o dia, para um casamento mais rustico entendeu… eu acho que ele é mais dia. Minha filha casou mas eu não fiz naked mas fiz todo verdadeiro. o bolo de verdade é mais trabalhoso, mas eu fui criada fazendo bolo de verdade, aqui em Brasília que conheci maquete.” Maria Amélia

Bolo do Casamento da Filha da Maria Amelia
O espaço do Lago Sul, onde a Maria Amelia tem a sua fábrica e também recepciona as noivas para as degustações agendadas, possui um delicioso café com uma variedade de salgados, doces, escondidinhos, entre outras delicias. Não podemos deixar de citar o famoso chocolate quente que, se você não conhece, vale uma passadinha lá para provar! 
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos
Foto André Santos

Mais uma novidade muito legal da casa do Lago Sul, localizada na QI 23, é que agora o espaço pode ser alugado para realizar pequenos eventos. Isso mesmo! Um chá de Panela, Mini Wedding, etc. A Maria Amelia está de portas abertas para vocês. E o salão é lindo!! Sem contar que os doces são maravilhosos.

Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro
Foto Gilberto Cordeiro

Não precisa de quase mais nada para ser um evento perfeito, né?!

“Você, lógico, não vai por uma coisa que você detesta, mas, você tem de pensar em por um cítrico, uma castanha, um chocolate… por exemplo, tem pessoas que só gostam de chocolate branco e não é preferencia de todos. Então, você não pode trabalhar uma mesa só com chocolate branco… o conselho que dou é o seguinte: elas tem que ter a opinião delas, o sabor que elas gostam, mas, lembrando que outras pessoas vão comer.” Maria Amélia

Esse post foi de dar água na boca. Rs! Esperamos que tenham gostado. Sexta que vem tem mais!
Beijos, Raquel e Nívia.


Raquel Nascimento

Raquel Nascimento

Raquel nasceu em Recife - PE, mas mora em Brasília desde os 15 anos. Se casou aos 30, em março de 2014, e foi nos preparativos para seu casamento que se apaixonou por esse mundo e decidiu nunca mais sair dele. Assim, nasceu o Felizes a Dois.

Mais posts

Paula e Rodrigo

Olá, Noivinhas!!

O Casei de hoje é um mix de Mini Wedding com destination Wedding. Ou seja, uma historia bem linda e cheia de belas fotos e vários mimos para os convidados, em sua maioria, vindos de fora de Brasília. A Paula e o Rodrigo foi um amor desses, que bateu grudou, sabe?!Se conheceram e não conseguiram mais parar de se falar e assim foi o relacionamento, não houve um pedido oficial de namoro ou casamento, e a data foi marcada ao visitarem o Brasília Palace em Junho de 2014, apenas para sondar, perceberam que quase não haviam datas disponíveis e decidirem assim, que dali ha 7 meses, no dia 06 de Junho de 2015, iriam se casar.
“Foi um casamento pequeno (130 pessoas), ao ar livre, com cara de destination wedding, pois a maioria dos convidados era de fora. E foi só comemoração, com os convidados chegando desde quarta feira. O clima no hotel foi demais!
Para facilitar, optamos por realizar o casamento em um hotel, e o escolhido não poderia ter sido mais a cara de Brasília: Brasília Palace. A escolha do local casou com o que queríamos: decoração clássica com um toque de modernidade do hotel.”



Com o ar de um mini wedding bem emocionante e envolvente, a Cerimonia aconteceu ao ar livre, de frente para o Lago Paranoá. Pensando em suas convidadas e sabendo do friozinho que fazia em Brasília aquele começo de Junho, a Noiva de forma caprichosa colocou sobre as cadeiras, pashiminas para que pudessem se envolver enquanto assistiam a tudo. 

“Por ter sido um casamento somente para os mais próximos, tudo foi de uma energia inexplicável, dava para sentir o amor no ar. Todos muito emocionados durante a cerimônia . Nas palavras dos convidados: foi um conto de fadas.”

A noiva usou um vestido lindo em renda Chantilly, feito com amor pelas mãos de duas grandes talentosas amigas de São Paulo, Maíra Cymrot e Camila Trujillo da C. ym, que era destacado ainda por um belíssimo cinto comprado por elas em New York. O Bouquet foi outro item com grande significado e valor sentimental para a noiva, presente da grande amiga Naiane da Florir, um bouquet lindo e delicado de orquídeas brancas. Outro anjo para o casamento da noiva, ou fada madrinha como ela gosta de chamar é a Tatiana Reanud, da L’ equipe. Sua cerimonial que nas palavras da noiva, “Me ajudou muito e Comandou tudo com maestria”. Praticamente uma princesa e suas três fadas boas, fauna, flora e Primavera. Os convidados estavam certos quando falaram em conto de fadas, rs!

“Eu estava bastante nervosa antes de descer para a cerimônia, então decidi fazer o “first look” com as minhas madrinhas. Foi muito legal, super divertido e a partir desse momento fiquei muito tranquila, entrei curtindo o meu momento na cerimônia.”


Após a cerimonia os convidados foram recepcionados no salão do hotel, todo decorado de forma impecável pela Dirce Decorações, com uma mesa de bolo digna de sonhos. Ao som do trio de Jazz e da voz encantadora do Rogério Midlej. iam se acomodando,e sendo servidos pelo delicioso Buffet da Sweet Cake. Os Drinks ficaram por conta da excelência da Help! Bar, e os doces que comporam a mesa do bolo eram da Cecília Falcão, Sweet Cake e  Danielle Andrade.


“Em agradecimento aos convidados de fora, deixamos uma welcome bag nos quartos com uma caixinha de pão de mel (Graça Torres), com estampa do artista plástico Athos Bulcão, e um cartão com dicas da cidade. Disponibilizei, também, um citytour para aqueles que quisessem conhecer a cidade. Todos agradeceram muito as gentilezas. “



“Se tem uma coisa que eu fiz e recomendo muito, é não se deixar influenciar por opiniões alheias. O momento é tão único que os noivos precisam fazer exatamente aquilo que querem e priorizam. O mercado acaba empurrando muita coisa que nem é tão importante assim.

Eu deixei de fazer várias coisas que todo mundo faz (chinelinhos, plaquinhas, cabine de fotos etc) e priorizei comida, música e decoração. O resultado foi que todo mundo falou que estava a minha cara e eu nem senti falta daquilo que não coloquei!! Mas durante os preparativos, muita gente torceu a cara quando falei que não ia ter hahhaa, nem liguei!!”
Cerimônia e Recepção: Hotel Brasília Palace | Decoração: Dirce Decorações | Cerimonial: L’ equipe | Fotografia: Julio Dutra | Filmagem: Grand Royal | Bolo e doces: Las Pitangas; Cecília Falcão, Sweet Cake e Danielle Andrade | Dia da Noiva: Desiderata | Vestido de Noiva: C.ym | Acessórios Noiva: Baroque | Pashiminas: Cadô | Open Bar: Help!Bar | Papelaria: Fino Design | Buffet: Sweet Cake | Bouquet: Florir | Música Recepção: Rogério Midlej | Música  Cerimonia: Magda Rocha

Raquel Nascimento

Raquel Nascimento

Raquel nasceu em Recife - PE, mas mora em Brasília desde os 15 anos. Se casou aos 30, em março de 2014, e foi nos preparativos para seu casamento que se apaixonou por esse mundo e decidiu nunca mais sair dele. Assim, nasceu o Felizes a Dois.

Mais posts

André e Fernando

Olá Noivinhas e Noivinhos!

O Casei de hoje é uma dessas historias que só os casais na faixa dos 30 vão conseguir contextualizar e com certeza ou terão vivenciado algo similar ou conheceram alguém com uma historia de amor virtual semelhante. Que pode ou não ter dado certo. Afinal, a sorte do amor verdadeiro as vezes pode demorar. Mas o fato é que, a historia do André e do Fernando, tinha tudo para não dar certo, tinha distância, vivíamos um tempo de fotolog, msn, orkut e uma internet bem complicada, rs! O que deixava com certeza a comunicação mais difícil, mas quando tem que ser, simplesmente, é. E esse ano, agora em julho, eles comemoram 11 anos juntos. Mas vou deixar vocês  conhecerem essa linda historia pelas palavras dos agora CASADOS, Andre & Fernando!

“André fazia um ensaio fotográfico junto com mais cinco amigos, entre eles, Luís e Reinaldo e Vinicius, nossos “Fados Padrinhos”, rs! No dia Seguinte, o Luís entregou a Ficha completa do André para o Fernando, que morava a 1.000km de Juiz de fora, em Brasília.

Era época de Fotolog, Msn e Orkut. Os dois ficaram um mês trocando mensagens, telefonemas e chats até o momento em que se encontraram pessoalmente e nunca mais se separaram…foi um ano e meio na ponte aero-rodoviaria. André é Funcionário publico e Fernando Produtor cultural e de Locação…e assim, um dia André Conseguiu transferência para Brasília e Nunca mais se separaram.”

A Cerimonia que os uniu estava marcada para as 17h, e aconteceu na casa do casal, à beira da piscina. De forma bem linda, reservada e intima. Somente para amigos próximos e familiares. Rodeados apenas de pessoas amadas, e energias positivas, a Dra. Iracema Parisi Conduziu a celebração com palavras belíssimas, que encantaram a todos. A entrada das alianças foi um momento inesperado, quando o pet do casal arrancou gargalhadas e gritos de todos os convidados, ao entrar com as alianças ao som de “Carnival off the animals – Finale”, de Saint Saens.


“A ideia de treinar o Pingo para levar as alianças foi o toque de surpresa, para descontrair a todos, em meio a tantas emoções.” André

A Festa aconteceu na mesma área da cerimonia, com saída ao som de “Fico assim sem você” -Versão Original Claudinho e Bochecha, tocada pelo DJ Costta. O lindo naked cake de Churros da Docerando deixou todos ansiosos pelo momento de cortar o bolo. Tudo com decoração e  o Buffet impecável da Virginia D’arc, os Noivos receberam os cumprimentos com uma música ambiente, uma deliciosa bossa nova, sem intenção de virar uma pista de dança, para que todos pudessem conversar e ainda assim, a festa seguiu animada até meia noite. Como os noivos não entraram com Bouquet, o utilizado pela daminha foi jogado aos candidatos a se casar.


“Um dos padrinhos, o querido amigo Caio Barbieri, logo após os cumprimentos, fez um pequeno discurso falando do casal. Também foi um momento muito emocionante. ” Fernando


Juntos desde 21 julho de 2011, com união estável assinada em 2008, a ideia para celebrar esses 11 anos foi reunir amigos e familiares para oficializar o casamento.






“A principal dica para os próximos noivos e noivas e que tomem cuidado para que a cerimônia saia do jeito que vocês desejam.
As empresas de cerimoniais possuem fórmulas prontas, que nem sempre traduzem o desejo do casal, e a cerimônia perde o seu encanto…
Procurem conhecer com antecedência a pessoa que irá celebrar o casamento e tirem todas as suas dúvidas para saberem como será conduzida a cerimônia
E curtam cada minuto desse momento, ele é de vocês. E vocês irão tê-lo na memória, por toda a vida.”

Local da Cerimônia e Recepção: Casa dos noivos | Bolo: Docerando Bem Casados: Maria Amelia | DJ: Costta Fábio | Buffet: Virginia D’arc |  Decoração: Virginia D’arc | Alianças: Diogo Francheschini Joias |  Topo de Bolo: ChickimART Lopes da Silva | Fotografia: Wanda Braga e Amigos | Vídeo: Celular de Amigos  |  Terno dos Noivos: Personal Stylist Marcus Barozzi By Zara

Raquel Nascimento

Raquel Nascimento

Raquel nasceu em Recife - PE, mas mora em Brasília desde os 15 anos. Se casou aos 30, em março de 2014, e foi nos preparativos para seu casamento que se apaixonou por esse mundo e decidiu nunca mais sair dele. Assim, nasceu o Felizes a Dois.

Mais posts