Do Oiapoque ao Chuí

Bom dia!!

Namoro a distância pode sim dar certo, é claro que isso depende dos comportamentos emitidos por cada um e o quão estão dispostos para fazer a relação seguir adiante, e o conjunto de tudo isso vai definir se esse relacionamento é saudável ou não. E como tudo nessa vida, não existe uma fórmula, jeito certo, universal, cada um de nós vai desenvolver ao longo da vida, mediante as situações que vivemos, modos de lidar, resolver, se relacionar, enfim.

Um relacionamento a distância tem seus prós e contras, como toda relação, porém vejo que existem algumas coisas que, dependendo de quem esteja na relação, podem ser um dificultador, a distância em si já é um exemplo disso, se você não souber lidar com os vários quilômetros que separaram vocês, pode ser desgastante. Não poder encontrar com o outro quando quiser, não ter a presença física sempre, planejar encontros, são outros exemplos que podem atrapalhar bastante.

Os momentos de solidão e outras situações como as descritas acima podem acontecer, independente da distância, e é importante que o casal desenvolva repertórios que sejam reforçadores para manter a relação. Acredito ser importante ter uma rotina interessante com hobbies e tempo de qualidade para si, além disso manter contato com pessoas que se tem afinidade (amigos e parentes); fazer coisas de casal ainda que longe um do outro, como assistir um seriado juntos, sim, aqueles comerciais não estão errados, dá pra ligar pro mozão e assistir um episódio inteiro de Game of Thrones!

Ao meu ver o relacionamento a distância tem os mesmos passos que qualquer outra relação, como manter contato, falar de coisas boas e ruins e aumentar a intimidade, por exemplo, ainda que não se tenha a presença física e que os encontros sejam planejados é importante ter claro que apoio e afeto independem de distância.

Então, se você embarcar numa relação assim, saiba que ainda que existam 5.577 km entre vocês, se tiver disposição e uma boa comunicação para encarar as dificuldades, essa distância poderá ser reduzida a 0!

Claudia Santos

Claudia Santos

Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário de Brasília - UniCEUB, com formação em Terapia Sexual pela Clínica Integrada de Psicologia e Sexologia - CIPS. Se apaixonou perdidamente pela Psicologia Clínica e atende adultos e casais na Equilibrium Clínica de Psicologia. CRP 01-15472.

Mais posts

Deixe uma resposta